Nossos Serviços

Assessoria completa em segurança e medicina do trabalho, com programas específicos e abrangentes para a aplicação das Normas Regulamentadoras (NRs) exigidas pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

  • PCMSO – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional
  • O programa foi instituído para Norma Regulamentadora NR 7, Portaria n.º 3.214, de 08/06/78, do Ministério do Trabalho e Emprego. O PCMSO tem como principal objetivo a manutenção da saúde dos trabalhadores, através de um diagnóstico precoce, que visa minimizar possíveis riscos, que podem acarretar doenças ou danos irreversíveis à saúde dos profissionais envolvidos. Sendo assim, todos os empregados de uma empresa devem realizar os seguintes exames:
    – Exame admissional;
    – Exame periódico;
    – Exame de retorno ao trabalho (após afastamento por doença ou acidente);
    – Exame de mudança de função;
    – Exame demissional.

  • PCA – Programa de Conservação Auditiva
  • O Programa de Conservação auditiva é resultado de medidas que objetivam a prevenção ou impedimento de evolução das perdas auditivas ocupacionais, resultantes de exposição a níveis elevados de pressão sonora. O PCA é necessário em qualquer empresa que ofereça riscos à saúde auditiva de seus funcionários.

  • PPP – Perfil Profissiográfico Previdenciário
  • É uma declaração importante para trabalhadores e empresas que ofereçam atividades que apresentem algum tipo de dano ou risco à saúde. O PPP é um formulário que deve ser preenchido com todas as informações do profissional, nele deve conter dados como a função exercida por ele, possíveis agentes de risco à saúde, exames médicos realizados, além dos dados da empresa.

  • PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais
  • O PPRA é uma legislação federal, especificamente a Norma Regulamentadoras nº 09, emitida pelo Ministério do Trabalho e Emprego no ano de 1994, que tem como principal objetivo levantar os riscos (físicos, químicos e biológicos) existentes no ambiente de trabalho e definir medidas de prevenção, além da preservação da saúde dos trabalhadores.
    A elaboração e implantação do PPRA são obrigatórias para todos os empregadores, mesmo que haja apenas 1 funcionário CLT. Não existe, portanto, diferença quanto ao número de funcionários ou o grau de risco, sendo assim todas as empresas são obrigadas a ter PPRA, apesar das características variáveis.

  • PGR- Programa de Gerenciamento de Riscos.
  • O PGR é regido pela Norma Regulamentadora 22 da Portaria 3.214/78 do TEM, que visa observar e disciplinar a organização e o ambiente de trabalho, a fim de unir o planejamento e o desenvolvimento das atividades de mineração, com a segurança e saúde dos trabalhadores. O PGR se aplica às empresas de minerações subterrâneas, minerações a céu aberto, garimpos, beneficiamentos minerais e pesquisa mineral.

  • PCMAT- Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção.
  • O PCMAT é normatizado pela Norma Regulamentadora nº 18, da Portaria 3.214, feita pelo Ministério do Trabalho e do Emprego, em 1978. Este programa tem como objetivo garantir e manter, através de ações preventivas, a saúde e segurança dos envolvidos na área de construção civil, ou seja, todos aqueles que atuam de forma direta ou indireta em uma obra ou serviço.

    PCMAT – Programa de Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção.
    O PCMAT é normatizado pela Norma Regulamentadora nº 18, da Portaria 3.214, feita pelo Ministério do Trabalho e do Emprego, em 1978. Este programa tem como objetivo garantir e manter, através de ações preventivas, a saúde e segurança dos envolvidos na área de construção civil, ou seja, todos aqueles que atuam de forma direta ou indireta em uma obra ou serviço.

    LTCAT – Laudo Técnico de Condições Ambientais do Trabalho.
    O LTCAT tem por finalidade analisar a presença e a exposição de trabalhadores a agentes físicos, químicos e/ou biológicos, verificando, portanto, se há a necessidade de uma aposentadoria especial.

    Laudos de Insalubridade
    O Laudo de Insalubridade busca observar e reconhecer a existência de agentes físicos, químicos e/ou biológicos no ambiente de trabalho. Este laudo tem como objetivo a análise de situações em que o trabalhador está exposto a agentes prejudiciais, variando de acordo com a quantidade, podendo acarretar em um adicional de insalubridade.

    Laudos de Periculosidade
    O Laudo de Periculosidade é um documento que avalia o grau de risco das atividades realizadas pelo trabalhador, que tenha contato ou envolvimento com explosivos, líquidos e gases inflamáveis, radiações ionizantes e/ou eletricidade. Trabalhadores que exercem a função de segurança pessoal ou patrimonial, assim como profissionais que dependam da utilização de motocicleta ou motoneta também são consideradas como perigosas.

    Este laudo é importante e fundamental, para que haja ações corretivas e preventivas, minimizando a ocorrência de acidentes.

    Laudo Ergonômico
    O Laudo Ergonômico é obrigatório em empresas que exponham seus funcionários a riscos decorrentes de esforços físicos, sejam eles por serem submetidos ao uso da força, movimentos repetitivos ou postura inadequada durante o período de serviço. Este laudo é importante, já que visa humanizar o trabalho, por meio da melhora nas condições de conforto, segurança e saúde, física e mental.

     

    Exames Complementares
    Eletrocardiograma, Eletroencefalograma, Espirometria, Acuidade Visual, Raio X, Exames Laboratoriais, Audiometria, Exames para Prática de Esportes, entre outros.